O Grupo

Tendo recebido indicações e premiações dos principais prêmios nacionais (Shell, APCA, Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro), o Tablado de Arruar foi fundado em 2001, e se iniciou como grupo de teatro de rua e vem, desde 2008, se utilizando de diversos tipos de espaço para a realização de seus espetáculos: peças para espaços relativamente convencionais (Abnegação – indicado ao prêmio APCA de melhor texto), peças de rua (Helena pede perdão e é esbofeteada) e também peças encenadas em espaços não-convencionais (Mateus, 10 – prêmio Shell de Melhor autor; prêmio CPT de melhor espetáculo de espaço não-convencional). De 2008 a 2010 o grupo esteve envolvido em um processo de trabalho juntamente com o coletivo de trabalho do diretor alemão Tillman Koehler, que resultou em uma peça criada e apresentada em Berlim e depois em São Paulo: Pele de ouro / Haut aus Gold. Tal processo modificou em muito o trabalho do Tablado de Arruar, que passa pela tentativa de dar forma, em cena, às diversas manifestações da violência no cotidiano brasileiro. Tal pesquisa vem se desdobrando e parece ter um de seus momentos mais claros na peça Abnegação, em que o foco recai sobre os pressuposto violentos das relações de poder, político-partidárias, no Brasil. Para todos os seus projetos de pesquisa e encenação o grupo tem contado com todo o tipo de apoio estatal, como a Lei de Fomento ao Teatro, Proac, Prêmio Myriam Muniz, Caravana Petrobrás, além de apoios internacionais como o do Kulturstiftung des Bundes, e tantos outros apoios que ao longo do tempo possibilitaram a pesquisa em desenvolvimento. Em 2012 o grupo encena Mateus, 10 , espetáculo que recebe o Prêmio CPT de melhor Espetáculo do Ano, e o Prêmio Shell de Melhor Ator Alexandre Dal Farra. Em 2014 estreia Abnegação (indicado ao prêmio APCA de melhor texto).

Curta nossa página no Facebook.

3 Comments

  • Suely Pinheiro

    1

    Olá rapaziada, preciso falar com vocês com urgencia, assunto comum. Favor me enviar e-mail com telefone, se possivel jornalista Suely Pinheiro

  • marco donizete paulino da silva

    2

    Quando vocês estiveram em São Carlos não pude expressar, pessoalmente, minha admiração pelo trabalho. Espero poder vê-los novamente em São Paulo, brevemente e, talvez, nessa ocasião, dar-lhes o abraço forte e afetuoso que segue junto dessa mensagem em sua forma virtual. Marco Madeira.

  • admin

    3

    OBRIGADO MARCO DONIZETE!!!

Leave a reply

Fields marked with * are required